O QUE VOCÊ SABE SOBRE PRÉ SAL E OS ROIORDS PRA POPULAÇÃO COMO É FEITO NO CANADÁ

Sou mixirica

UMA MENSAGEM me chegou falando de escolha política!
Éssa AMIGA dizia que à corrupção tinha como preceito de corrupção nos últimos 16 anos de governo petista, não quis eu defender éssa etinia de corruptos!
Mas mostrar que nada mudou à corrupção só mudou de mãos durante os últimos 60 anos que eu conheço dá história política do brasil.
Não estou acusando ninguém porque as evidencias não mentem!
RESPONDI ASSIM
Desculpa amiga mas à realidade é UMA só!
VOCÊ está enganada desde o COMEÇO só teve ladrões e ágora amiga alem de ladrões estamos lidando com uma das maiores REDES  de corrupção já vista, tem assassinatos tem milícias tem corrupção passiva e ativa tem uma máfia que está roubando um produto brasileiro que não se vê falar por se falar dirão que não existe!
Cade os roiords do pré sal!
Em países que à produção de petróleo tem lucro como àqui depois dá exploração do pré sal, o país paga à população um dinheiro mensal só por conta do lucro dá extração do petróleo(ex.CANADA) já o pré sal você que está lendo lembrou ágora dá existência déssa nóssa fonte de dinheiro cade à nóssa parte?
Porquê os países que tem fundamentado o bem estar dá população tem como principal pensamento repassar parte desse dinheiro que é obrigatório pra gerar divisas à nação e que  deteriora o sólo como um prejuízo à preservação à todos por isso repassam à população em forma de roiords mensais à parte que cabe à cada cidadão!
Ja àqui é repassado aos governos municipais estaduais e à maior parte pro federal.
E como sabemos caiu nasmãos desses some nem saúdeou educação ou segurança pública vem nada as outras então nem sabem!
E VOCÊ SABIA?

Foto de um amigo usada pra ilustração!


E não sou eu que estou falando são às evidências DAS INVESTIGAÇÕES dá polícia Federal mostradas todos os dias pela mídia de ponta com credibilidade reconhecida mundialmente e no próximo pleito ainda ESTAREMOS contaminados por esses ratos pesquise 1964 revolução paulista, então te acho tão legal vamos guardar nóssas aspirações pra nós sou reporter e tenho fontes só não posso expressar porque à ditadura disfarçada está ai só não vê quem não quer ou está influenciado por alguma razão que nem quero discutir, não discordo de ninguém mas também não compactuo com idéias de patriotismo por parte de aproveitadores dá ingenuidade de uma população carente de conhecimento!
À maior prova disso é o senador caçador de marajá……….
Vamos continuar amigos como se não soubéssemos do que sabemos……
Prometo não te influenciar com éssa mórbida situação que estamos vivendo à tempos(políticos no brasil)sinônimo de corrupção.

Ágora vamos falar de um assunto que é de primordial importância para todos se nóssos políticos viram às costas para os brasileiros verdadeiros você imagina pra nós que somos fruto de uma miscigenação?

Sem nem pra preservar nóssos antepassados, porquê os verdadeiros brasileiros são os índios você eu nós somos brasileiros mas não autênticos!

Somos uma mistura de raças portuguesas com espanholas com africanos com tudo que vieram pra cá para pilhar as riquezas do continente americano!

Quando as caravelas estavam prontas pra sair de portugal foram escolhidos para tripulantes os marginalizados os corruptos os criminosos para desbravar o mar e se acontecesse algum acidente(naufrágio)Não perderia nada se encontrassem as índias seriam perdoados.

Mas um acidente de percurso fez eles desembarcarem na América mais precisamente em ólinda nome dado pelos invasores em questão que ao ver o litoral disseram ó linda terra!

Mas voltando ao que interessa se não se importam com os índios como acha você eu nós somos considerados?

Amazonas tem mais de 2,3 mil índios contaminados pela Covid-19; número de casos teve aumento de 117% em um mês

Casos do novo coronavírus no Amazonas estão distribuídos entre populações indígenas aldeadas em sete distritos sanitários de diferentes regiões do estado.

Por Eliana Nascimento, G1 AM

19/07/2020 17h24  Atualizado há uma hora

Teste de Covid-19 em aldeia indígena de São Sebastião — Foto: Elton Ramos/Prefeitura de São Sebastião

Teste de Covid-19 em aldeia indígena de São Sebastião — Foto: Elton Ramos/Prefeitura de São Sebastião

O número de indígenas aldeados contaminados pela Covid-19 no Amazonas chega a 2.339, segundo dados do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), deste sábado (18). Há, ainda, 63 mortes em decorrência da doença entre a população. Em um mês, o aumento de infectados foi de 117%, já que os casos confirmados eram de 1.078.

Atualmente, o estado tem, em todo território, mais de 90,9 mil casos confirmados de Covid-19e o total de mortes passa de 3 mil.

De acordo com o Governo, os casos de Covid-19 entre indígenas são contabilizados em sete Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) do estado.Eles são divididos por critérios territoriais e têm como suporte a ocupação geográfica das comunidades indígenas. Ao todo, são 27 etnias e 236 aldeias.

Os dados de casos confirmados entre indígenas da região apontam um aumento de 117% em um mês. Já os casos de mortes entre o grupo também tiveram aumento. A alta foi de 37% entre 19 de junho e 19 de julho.

Casos de Covid-19 em populações indígenas do AMDSEICASOS CONFIRMADOS (18/06/2020)ÓBITOS 18/06/2020CASOS CONFIRMADOS (18/07/2020)ÓBITOS (18/07/2020)Alto Rio Negro204851312Alto Rio Solimões5032495328Manaus180530610Médio Rio Purus1501041Médio Solimões10471788Parintins302653Vale do Javari4202201TOTAL1078462.33963Fonte: SUSAM

Dos casos de contaminação entre a população, a situação é mais crítica no Alto Rio Solimões, com 953 casos e, 28 mortes. Segundo a Sesai, a população nessa região é de 70.823 indígenas.

Lá, está situado o Vale do Javari, segunda maior terra indígena demarcada do Brasil, com mais de seis mil índios de sete etnias, além de dezenas de grupos de isolados. Em um mês, a área registrou aumento de 630% em casos confirmados de Covid-19.

Em maio deste ano, levantamento do G1, com base em dados da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), apontou que o Amazonas concentrava quase 60% dos índios infectados no paísAtualmente, o estado concentra 19,7%. O último boletim da SESAI, de sábado (18), mostra que há 11.885 casos confirmados de Covid-19 entre indígenas 230 óbitos. O número de curados é de 6.788.

Para a representante da etnia Wytoto do Alto Solimões, Vanda Ortega, de 33 anos e que presta serviços voluntários de saúde durante a pandemia, o número de casos entre o grupo é preocupante. Ela contou que, no início da pandemia no estado, sentiu falta de medidas de enfrentamento da pandemia voltadas aos indígenas.

“Se não fosse as próprias lideranças, acredito que o número de casos de contaminação e mortes eram maiores. Grande parte das ações partiram de cada um de nós [o povo] e das organizações que se preocupam. Recentemente, surgiu uma medida de um ministro para o atual governo tomar providências e evitar mortes entre nós. De forma tardia, mas que faz diferença para o nosso povo”, enfatizou.

A medida a qual era se refere diz respeito a uma lei sancionada, com vetos, pelo presidente Jair Bolsonaro, no começo do mês, que prevê medidas de proteção aos povos indígenas durante a pandemia.

Por

BLOG DO MIXIRICA E ZORAID.COMENTA

Publicado por Blog do mixirica e Zoraid.comenta

EU SOU LUIZ WENCESLAU E FAÇO NOTÍCIAS COM VENDAS ONLINE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s